Crise climática

O que tenho a ver com isso?

Em resumo
  • Nos útimos cinquenta anos causamos mais danos ao planeta do que nos 200 mil anos de história da humanidade
  • As alterações climáticas causadas pelas emissões de gases de efeito estufa provocam secas, enchentes, mudanças em oceanos, geleiras e no nível do mar
  • Para fazer parte da solução, você pode adotar práticas mais sustentáveis

De onde vem?

Pra entender a crise climática, existe um dado um tanto assustador. Nos últimos cinquenta anos, nós, seres humanos, causamos mais danos ao planeta do que nos 200 mil anos de história da humanidade. Com a aceleração dos meios de produção, o aumento do consumo de combustíveis fósseis e da população mundial, passamos a poluir cada vez mais. A Organização Mundial de Saúde aponta as mudanças climáticas como a maior ameaça à saúde global do nosso século.


O que acontece?

As alterações climáticas causadas pelas emissões de gases de efeito estufa provocam mudanças em oceanos, geleiras e no nível do mar. Com o aquecimento, aumenta a frequência de ondas de calor marinhas e a acidificação, e os níveis de oxigênio diminuem.

E não somos só nós, seres humanos, que sentimos esses efeitos. A alta das temperaturas afeta ecossistemas do solo – milhares de espécies da Amazônia e do Cerrado, por exemplo – e dos mares, que resultam em inundações fortes, chuvas mais intensas, secas e enchentes em regiões costeiras.

A Organização Mundial de Saúde aponta as mudanças climáticas como a maior ameaça à saúde global do nosso século.


Existe solução?


A estabilização das temperaturas nos próximos trinta anos depende do controle da emissão de gases de efeito estufa e precisa começar o quanto antes, como alertam os cientistas do mundo inteiro – até 2050 precisamos, juntos, neutralizar as emissões de poluentes. Centenas de países de todo o mundo já se declaram cientes dessa necessidade e alguns vêm criando regras e condições para que empresas e cidadãos se comprometam cada vez mais com a redução da poluição. Disso dependem também outras espécies e formas de vida, inclusive as futuras gerações.


O que eu posso fazer pra ajudar?

Para fazer parte da solução, você pode adotar práticas mais sustentáveis, como consumir produtos responsáveis, reduzir o consumo de carne animal, diminuir a quantidade de lixo doméstico, substituir fontes de energia por outras menos poluentes (como a eólica e a solar), usar meios de transporte menos poluentes e escolher entrar pra Zoe.

Com isso, você ajuda sua empresa e colegas a, junto com você, aderirem a um estilo de vida mais sustentável. Se todos nós somos parte do problema, também devemos fazer parte da solução – o quanto antes. Vamos juntos?